CEJA publica segundo volume da obra “Desafiando a inquisição: ideias e propostas para a reforma processual penal no Brasil”.

O Centro de Estudios de Justicia de Las Americas (CEJA) lança hoje o segundo volume da obra coletiva “Desafiando a inquisição: ideias e propostas para a reforma processual penal no Brasil”.

Coordenado pela pesquisadora Paula Ballesteros e apresentado pelo professor e pesquisador Leonel Gonzalez, o livro reúne ideias e propostas para a reforma processual penal no Brasil, escritas por advogados, membros do Ministério Público, e da Magistratura,  produzidas após estudo realizado através do Programa Brasileiro de Reforma Processual, curso de formação que foi realizado por meio da valorosa parceria entre o IBADPP e o CEJA.

Realizado em duas etapas, no Brasil e no Chile, o curso possibilitou aos integrantes o contato empírico com o sistema de justiça chileno, fomentando a produção crítica sobre as reformas processuais penais ocorridas em toda a América Latina, sendo estas apresentadas neste volume.

Participam como autores da obra Marina Cerqueira, Presidenta do IBADPP, Luiz Gabriel Batista Neves, Vinicius Assumpção (Diretores do IBADPP) Camila Ribeiro Hernandes, Lorena Machado do Nascimento, Lucas P. Carapiá Rios, Renato Sigisfried Sigismund Schindler Filho, (todos membros do instituto), Ana Carolina Filippon Stein, André Rocha Sampaio, Eliana Bloizi, Jéssica Freitas, Joane Marcelle de Oliveira e Silva, Mariana Pacheco de Figueiredo, Moacyr Leonardo Coimbra Mendes, Rodrigo Oliveira de Camargo, Rosimeire Ventura Leite e Saulo Murilo de Oliveira Mattos.

A obra já está disponível para download em PDF e, em breve, será lançada em versão impressa.

Clique aqui para realizar o download.

Acesse o site do CEJA para ler a notícia na íntegra.