Nota de Repúdio à decisão do Supremo Tribunal Federal no julgamento do Habeas Corpus nº. 126292