NOTA DE REPÚDIO AO MINISTRO JOAQUIM BARBOSA